Sábado, 27 de Outubro de 2007

Radiohead - In Rainbows

A questão que se coloca de cada vez que surge um novo álbum dos Radiohead é: será que o disco vai estar ao nível (ou pelo menos perto) de OK Computer ou Kid A? É uma pergunta terrível porque estes álbuns são geniais e surgiram num período em que os Radiohead pareciam ter uma criatividade inesgotável.

Em relação a In Rainbows a resposta é obviamente não. A desilusão é por isso a primeira sensação que surge ao ouvi-lo, tal como aconteceu com o Hail to Thief.

Quem ficar por aqui desiste e passa ao lado. Quem fizer um esforço (eu confesso que estou a fazer esse esforço, a ouvi-lo várias vezes até ter uma opinião mais segura), consegue, apesar de tudo, apreciar as coisas boas que este novo álbum traz. Afinal de contas é sempre um disco dos Radiohead, que não conseguem fazer música má. O som está lá, o bom gosto na produção também (neste aspecto, sofre até uma evolução que me agrada porque apresenta um som muito menos electrónico do que os anteriores); tem boas composições, duas de antologia (“All I Need” e “Reckoner”), e traz algumas novidades criativas. Sobretudo, gosto muito do som arrastado do disco, das composições expansivas e ondulantes, fortemente marcadas pelo baixo, que dão liberdade criativa tanto à voz de Thom Yorke como às guitarras.

Em conclusão, melhor do que Hail to Thief, mais pop-rock do que os anteriores registos, cativante, mas não brilhante.

publicado por Mário Azevedo às 20:08

url do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

valter hugo mãe Prémio Saramago 2007

É a notícia das notícias, aquela por que tantos de nós esperávamos. A justiça alguma vez haveria de ser feita.

publicado por Mário Azevedo às 12:42

url do post | comentar | favorito

Liberdade artística

Andava eu a falar em liberdade artística, quando tomei conhecimento de uma exposição em que o artista plástico, ou que quer que seja, pega num cão vadio e deixa-o a morrer à fome e à sede.
O ser humano não pára de me surpreender.

Nota: Leio agora no Público que a história poderá não ser bem assim. Esta coisa de acreditar em tudo que nos contam tem muito que se lhe diga.
publicado por Mário Azevedo às 10:20

url do post | comentar | favorito

A casmurrice, para não lhe chamar outra coisa

Anda para aí a correr um mail com uma petição para proibir a projecção de um filme sobre Jesus Cristo, no qual este tem relações sexuais com os seus discípulos. No fundo, é mais um filme para criar escândalo e controvérsia q.b., rendibilizando mais um cachito esta mina de ouro que é Jesus.

Obviamente, quem teve a ideia de fazer este filme está a contar com este tipo de iniciativas, que se façam petições e manifestações e todo o barulho possível e imaginário para ter o máximo de publicidade. O que espanta é que ainda haja gente que caia na armadilha e não aprenda. É que isto é tão básico, o truque é tão velho, que eu só posso interpretar o fenómeno por pura casmurrice (e isto pondo de lado a hipótese de que a petição tenha origem nos próprios criadores do filme).

Mas o que é grave é perceber que as pessoas de facto não se dão bem com democracia e a liberdade. Pior, não conseguem atingir que no mundo em que vivemos é absolutamente impossível proibir o que quer que seja.

publicado por Mário Azevedo às 00:03

url do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

25 de Abril, sempre

publicado por Mário Azevedo às 17:53

url do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Outubro de 2007

Uma pergunta retórica...

Em frente à minha casa em Famalicão existe uma loja de ferragens. Na primeira vez que a vi, dei uma valente gargalhada e pensei para mim: «mas que raio passa pela cabeça de um certo Sr. Costas e de um certo Sr. Rego para acharem que juntando os respectivos sobrenomes se consegue formar um nome apropriado para um estabelecimento comercial?»



 

publicado por Mário Azevedo às 16:04

url do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Défice

É bom saber que Portugal vai cumprir já este ano as regras orçamentais europeias, com um défice de 3 por cento. Só não entendo esta coisa que querer baixar para 2,4 em 2008. Porque haveremos de ser mais papistas que o Papa? Não seria muito melhor apostar na redução dos impostos, de maneira a estimular a economia?

tags:
publicado por Mário Azevedo às 15:20

url do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007

Radiohead

Ainda não ouvi o novo disco dos Radiohead, mas confesso que as minhas expectativas são baixas depois do mediano Hail To The Thief. A contradizer-me, contudo, aparece este belíssimo Nude.

tags:
publicado por Mário Azevedo às 17:25

url do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

O fim da revista "História", finalmente

O fim da Revista "História", ao contrário do que possa parecer à primeira vista, é uma boa notícia para os apreciadores deste tipo de publicações. Tenho a esperança de que do vazio nasça alguma coisa com muito maior qualidade.
Esta revista tinha defeitos tanto de forma como de conteúdo insolúveis. Por um lado o design era amador e o papel e a impressão muito fracos (as cores aparecem todas desbotadas e deixavam um cheiro a tinta insuportável). Por outro, a selecção de artigos era completamente inadequada para uma revista que se pretenda de divulgação e não académica. Eu lembro-me de um número da revista que tinha como destaque de capa o título "A Siderurgia no Estado Novo". Nada tenho contra este tipo de artigos, mas não me parece que haja muita gente interessada em comprar uma revista por causa da siderurgia, seja lá de que época for.
Uma revista deste género que queira ter sucesso tem de apostar em dossiers sobre grandes figuras da história, artigos sobre batalhas, acontecimentos que mudaram a humanidade, civilizações desaparecidas, etc. Esta coisa dos "vasos gregos" e da "Cooperativa de Consumo Piedense" (ver capa em cima) é muito bonita, mas não cativa ninguém.
Eu sou de esquerda, mas sempre me pareceu que o problema estava nos apoios oficiais que recebia.  Tendo o financiamento garantido, a revista não evoluiu. Agora que perdeu os apoios, vai acabar. Corre por aí uma petição, mas não conta com a minha assinatura.
publicado por Mário Azevedo às 14:29

url do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

textos recentes

... o pobre desconfia

Sacudir a água do capote,...

A minha idade

As coincidências

Procissão das cinzas em V...

Zeca Afonso

A mente não é assim tão p...

Lana Del Rey

A praxe tal como eu a vej...

A Árvore da Vida

arquivo

Dezembro 2012

Setembro 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Junho 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

blogs SAPO