Quarta-feira, 22 de Outubro de 2008

Miguel Esteves Cardoso

Poucas coisas me divertem mais neste país do que ler as entrevistas do MEC. O homem tem jeito, é inexplicável, é de uma criatividade infindável! Na verdade, podemos discordar de tudo o que diz, porque verdadeiramente não interessa lá muito se o que diz faz algum sentido ou não. Até pode ser um monte de disparates, mas são disparates muito bem pensados.

Recentemente, a propósito do seu novo livro, Em Portugal Não Se Come Mal, foi entrevistado para a Visão. Deixo aqui algumas pérolas:

 

Sobre o vinho:

«Dizer que o vinho é grandioso, que sabe a chocolate, cacau, avelã, mijo de gato ou o raio que o parta é absurdo! O vinho, em Portugal, serve para acompanhar o que comemos. O português típico não fica dilacerado por não ter mais do que cinco vinhos num restaurante. O vinho da casa é sempre bom. Há vinhos de três, quatro euros, muito bons. Não paramos para falar de vinhos, bebemos enquanto dizemos "ai sim, e depois?"»

 

Sobre os homens na cozinha:

«Quando os homens começam a assumir-se como "chefes" é que começa a merda. [...] fazem uma coisa chamada "cozinha do autor". Autoras são as mulheres. Tentam fazer um prato como a mãe fazia. Não têm aquela mania dos machos de armarem e dizerem "atenção, isto não é um arroz de tomate, é o arroz de tomate da Filomena não sei quê Mendes". E põem uma anchova em cima! É a filosofia do "não faço como deve ser, mas deito uma porcaria qualquer para estragar". É coisa de homem: mijar nos sítios para deixar marca. "Agora vou mijar no arroz de tomate, que é para ser meu." Ponho também um bocadinho de fambroesa e zzzzzzzzzzztttt, mais uma mijadinha!»

publicado por Mário Azevedo às 17:30

url do post | comentar | favorito

O ensino e a ministra

Depois de ler esta entrevista que Maria de Lurdes Rodrigues deu para a Visão fiquei definitivamente sem esperança nenhuma na política educativa deste Governo. Às vezes penso que vale a pena que o PS perca as eleições só para se eliminar esta ministra.

A propósito da percentagem de repetentes no segundo ciclo (que está nos 7,4%), MLR começa por criticar os professores que "teimam" em chumbar os alunos. Diz a ministra: «O que é que os professores pensam? A criança não aprendeu a ler, vale mais que fique retida, para aprender a ler. E fica para trás.» A entrevistadora pergunta então se vale a pena ficar para trás, e ela responde: «Não vale. E isto para uma criança de 7 anos é dramático. É o início de um precurso desastroso. Absolutamente desastroso. São estas crianças que depois abandonam a escola. A primeira coisa é que ficam num ano do ensino desasjustado à sua idade. Todos os amiginhos que vão ter no ano a seguir já não são os mesmos, são mais novos, e começa aí um processo de desajuste.»

publicado por Mário Azevedo às 10:13

url do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Outubro de 2008

Take two

A blogosfera tem uma lógica inexplicável, quando estamos fora, queremos entrar, quando estamos dentro, queremos sair. Era por isso inevitável que mais dia, menos dia haveria de recomeçar a toleima.

Espero sinceramente que desta vez seja para sempre. Gostava de fazer deste espaço um lugar para a vida. Será pedir de mais, eu sei, mas se resistir naqueles momentos cíclicos em que o trabalho me submerge totalmente, tornando o blogue num fardo insuportável, penso que conseguirei. A ver vamos.

 

publicado por Mário Azevedo às 15:50

url do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

textos recentes

... o pobre desconfia

Sacudir a água do capote,...

A minha idade

As coincidências

Procissão das cinzas em V...

Zeca Afonso

A mente não é assim tão p...

Lana Del Rey

A praxe tal como eu a vej...

A Árvore da Vida

arquivo

Dezembro 2012

Setembro 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Junho 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

blogs SAPO